03/10/2017 Equipe Dotcon

Como escolher a melhor opção de entrega para e-commerce

entrega para e-commerce

Quando falamos de e-commerce, a entrega do produto é o momento mais importante para o consumidor. Desde a finalização do pedido até a chegada da mercadoria, existe muita cobrança em relação ao prazo informado pela loja virtual. Não é por acaso que, de acordo com o Procon, a maioria das reclamações sobre o comércio online são referentes à atraso na entrega.

 

Diante da importância dessa etapa, é necessário que o lojista faça uma escolha que seja vantajosa tanto para o negócio como para o consumidor. Ainda tem dúvidas sobre os tipos de entrega para e-commerce? Não se preocupe, nesse artigo, mostraremos quais são as opções mais utilizadas. Acompanhe!

Tipos de entrega para e-commerce

 

A logística para e-commerce apresenta duas opções básicas: Correios e transportadoras. Confira a seguir um resumo sobre elas:

 

Correios

 

O serviço dos Correios já é amplamente utilizado pelas pessoas e possui muita tradição. O lojista virtual pode fazer um contrato com a empresa para obter algumas vantagens. Como desconto no frete e a possibilidade de fazer o pagamento das postagens por meio de uma fatura mensal. Porém, essa opção não é recomendada para lojistas que estão começando e ainda possuem pouco faturamento, pois existe um valor mínimo que deve ser contratado.

O preço pode variar de acordo com o tempo, mas imagine a seguinte situação: se for necessário pagar R$ 400,00 por mês e suas vendas no período totalizaram R$ 300,00, você terá prejuízo. Por isso, se a opção escolhida for o correio, fique atento ao seu faturamento para que possa realizar a postagem da maneira mais econômica.

O PAC e Sedex são os dois modelos de entrega disponibilizados. A remessa enviada deve ter, no máximo, 30 kg, além de respeitar os limites de tamanho estabelecidos (é possível conferir as medidas no site da empresa).

Transportadoras

Se a sua mercadoria é de grande porte e ultrapassa as dimensões estabelecidas pelos Correios, a opção mais indicada é o uso de transportadoras. O frete é determinado levando em consideração a cubagem do produto, ou seja, a relação entre o volume e o peso da mercadoria.

As transportadoras podem ter um alcance regional, estadual ou nacional. Se a ideia é fazer entregas apenas na sua região, por exemplo. Você pode procurar empresas menores e que oferecem melhor custo-benefício. Uma vantagem desse tipo de entrega é que o risco de greve ou paralisação é menor em relação aos Correios, evitando possíveis atrasos na entrega.

Entregas alternativas

Além dos Correios e transportadoras, existem algumas opções alternativas que podem ser utilizadas de acordo com o tamanho da sua loja virtual ou a sua abrangência. Se o local de entrega for próximo do estoque. Uma alternativa para diminuir o prazo é o uso de motoboys ou até mesmo veículo próprio. Caso você também possua uma loja física, é interessante disponibilizar a opção de retirar o produto pessoalmente.

Planejar a sua logística de forma estratégica é uma forma de oferecer ao cliente uma ótima experiência e ter um bom custo-benefício no processo. Neste artigo, mostramos quais são os tipos de entrega para e-commerce e como fazer a melhor escolha de acordo com o seu negócio.

 

Gostou do artigo? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades no blog!

 

Tagged: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *