29/08/2017 Equipe Dotcon

O que considerar na hora de montar uma loja virtual?

Investir em um novo negócio sempre gera dúvidas e incertezas, principalmente quando falamos sobre como montar uma loja virtual. Apesar do sucesso do segmento no país, que aumenta seu faturamento a cada ano, quem deseja vender online se sente inseguro diante de tantas etapas desse projeto.

Para conquistar bons resultados iniciais, é muito importante se planejar e fazer boas escolhas. Ainda não sabe muito bem por onde começar? Não se preocupe, neste artigo, vamos mostrar os principais pontos que devem ser considerados ao começar uma loja virtual. Acompanhe!

Plataforma de loja virtual

Vamos começar falando sobre uma das principais escolhas: a plataforma de e-commerce. Esse é o sistema onde a sua loja virtual será desenvolvida. É nele que você poderá gerenciar os seus produtos, fazer o controle do estoque, receber os pedidos, verificar os pagamentos e todas as atividades relacionadas ao negócio.

Basicamente, existem 3 tipos de plataforma de e-commerce:

  • Low End: é um modelo pago em que a empresa oferece uma plataforma pronta e customizável, ideal para os lojistas que estão começando no segmento. O investimento para a implantação é baixo, e o pagamento costuma ser mensal, feito em planos anuais.
  • Open Source: nesse modelo, os códigos do sistema são gratuitos e abertos, ou seja, é possível montar uma loja 100% personalizada e com grande estrutura. Para utilizá-lo, é necessário contar com a ajuda de um programador especializado ou ter um conhecimento avançado na tecnologia.
  • High End: esse tipo de plataforma é pago e possui grande estrutura para expansão, com integração para diversas outras plataformas. Por contar com mais recursos, o investimento costuma ser alto e necessita de uma equipe especializada para manutenção.

Formas de pagamento

Quando falamos de loja virtual, existem basicamente dois sistemas que vão determinar como realizar as transações online. Confira:

Intermediador de pagamento

Nesse modelo, as transações são intermediadas por outras empresas, que recebem o valor do cliente e o repassam para o lojista. O paypal e pagseguro são alguns exemplos de intermediadores. Esse sistema é muito interessante para quem está começando a montar uma loja virtual. Ele oferece facilidade de implantação, segurança, opções de parcelamento e integração com a maioria das plataformas de e-commerce.

Gateway de pagamento

É um sistema que permite o pagamento com cartões de crédito sem intermediários. Ele envia os dados bancários do cliente diretamente para o banco, que confere e autoriza (ou não) a transação.

É importante oferecer, no mínimo, duas opções de pagamento para o cliente. As mais utilizadas costumam ser cartão de crédito e boleto. Vale destacar que ao escolher o gateway de pagamento é muito importante contar com um sistema antifraude, além de tecnologias de segurança. Destacar a presença desses itens no site é fundamental para passar segurança e credibilidade ao consumidor.

Logística

A logística no e-commerce possui basicamente duas opções: correios e transportadora. Confira abaixo um resumo sobre cada uma:

Correio

O serviço dos correios já é amplamente utilizado pelas pessoas e possui muita tradição, por isso, é a primeira opção para a entrega. Até metade de 2017, a empresa oferecia o serviço de e-sedex, que era direcionado especialmente para as lojas virtuais.

Essa opção foi cancelada, o que trouxe alguns problemas para os lojistas, como a dificuldade de oferecer frete grátis, por exemplo. Porém, essa continua sendo uma opção interessante para quem está começando no segmento e não possui um grande volume de entrega.

Transportadoras

Se o seu produto possui grandes dimensões e a expectativa é de um volume alto de vendas, a opção de entrega com transportadoras pode ser uma boa escolha. Essas empresas, estimuladas pelo fim do e-sedex, estão criando planos para pequenos e médios lojistas, o que pode tornar essa alternativa viável.

Para garantir que o cliente tenha uma boa experiência de compra na sua loja virtual, é importante se planejar para que a entrega seja feita dentro do prazo combinado. Além disso, fique atento ao estoque, para evitar que os produtos comprados estejam indisponíveis.

Montar uma loja virtual é um desafio que exige planejamento, estudo e bons fornecedores. Neste artigo, mostramos quais os principais pontos que devem ser considerados na hora de começar o seu negócio.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

Tagged: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *